InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  LoginLogin  
Compartilhe | 
 

 Auto-mutilação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3
AutorMensagem
Nuno
ローンウルフ
ローンウルフ


Masculino
Número de Mensagens: 2471
Idade: 24
Localização: Somewhere...
Emprego/lazer: Being someone?
Humor: ... *desert* ...
Warning:
0 / 1000 / 100

PDPA: Membro nº 19 do Fórum 8D
Data de inscrição: 14/01/2008

Death Note RPG
Nome:

MensagemAssunto: Re: Auto-mutilação   Ter Jul 21, 2009 9:44 am

Antes de dar a minha opinião gostava de poder comentar umas frases aqui ditas ^^ Espero que nao se importem:

Gimmy escreveu:
Obviamente que toda a gente tem defeitos. Ninguém é perfeito.
Até que posso referir que tem a ver com o tema. Tenho um grande defeito de acreditar sempre nas pessoas (=ingenuidade). A pessoa que referi num dos meus posts acima que andou-se a cortar durante um ano, houve uma altura em que ela disse que se ia matar. Alta maneira de pegar no meu ponto fraco. Fiquei a noite inteira sem dormir, cheia de medo que algo lhe tivesse acontecido. O mais giro é que no dia seguinte ela estava bem e nem fez cortes nem nada. Foi um momento género: ...... WTF?
*sigh* Exageros e exagerados.
Agreed, todos temos defeitos. (li os posts lá atrás mas quero que isto se mantenha um debate e nao uma discussão pessoal, peço-vos, nao como moderador que nao sou, mas sim como membro para terem contenção que eu também vou tentar ter ^^)
Gimmy: eu tinha (e acho que por vezes tenho) o problema de ser ingénuo em certas ocasiões... é algo que todos temos, uns a mais que outros. Eu pessoalmente já fui mais, mas agora sou muito desconfiado (devido ás circunstancias que a vida me pôs nos ultimos anos). Confiar em alguém, só quem conheço, e se calhar com o pessoal "da net" com quem me dou há mais tempo, mas é um grau de confiança diferente, e acho que todos temos esse pequeno factor dentro de nós certo?

Di HF escreveu:
Sim, já me mutilei. Era uma forma de esquecer dores mais fortes, dores psicologicas que acabavam comigo por cada passo que dava. Não conseguia aguentar, entao era o que fazia. Ocultava todas as marcas. Não queria que ninguém soubesse, não queria passar por louca ou maluca. Esquecia tudo ao sentir aquela dor por mim provocada, ao mesmo tempo gostava dela.
Fico feliz por ter parado, por ter aprendido a lidar com as coisas. Acho que alguém para se mutilar tem que estar muito mal consigo mesmo e ter uma auto estima muito em baixo. Hoje tenho cicatrizes, olho para elas e penso "grande estupida que fui, marquei a minha pele sem motivos, prefiro ter apenas a mente marcada, para que marcar as duas?".
Compreendo a dor que uma pessoa que se mutila tem, o porquê e tudo o mais. Mesmo assim acho que nada justifica este acto.
A gente já tinha falado disto pelo msn nao foi Di-HF?
Gostei bastante de teres postado esta tua situação e fico bastante feliz de poder "testemunhar" (nao é a palavra certa, mas voces percebem) um caso que acabou bem, e resolvido.
Tu talvez saibas tão bem ou melhor que eu como é teres um problema que tu achas "o fim do mundo" e que para outras pessoas é só "fazer isto e aquilo e depois esquecer" (tipicas opinioes das pessoas que dizem que nos querem ajudar mas nao sabem como o fazer). Quando lerem o meu post vao perceber porque digo isto ^^

Keitaro escreveu:
Elric vo te faze uma unica pergunta uma bem simples para rebater o que você falou sobre minha citação.

Você consegue definir loucura???

Parabens!!!

Cada pessoa no mundo tem uma visão diferente do que é loucura, bem como cada pessoa tem uma visão diferente do que é certo ou errado, não é porque uma pessoa pensa diferente que ela não é normal. A normalidade esta encrustada na cabeça da sociedade.

Keitaro: louco não é aquele que tem uma visão diferente do que é certo ou errado. Louco é aquele que nao sabe o que é certo ou errado, é diferente. Loucura? nao existe, é apenas mais um dos muitos rotulos que os psicologos usam para categorizar os "clientes" que passam por eles. Segundo Sigmund Freud, ninguem é normal, visto que não há duas pessoas iguais, quer fisica, quer psicologicamente. "normalidade" é apenas um termo que se aplica a um X de pessoas cujas capacidades cognitivas (ou seja, psicologicas: raciocinio e sanidade) cumprem certos requisitos. Pensa nisto como se te fosses candidatar a um emprego:

Ex:
Normalidade:

12º ano + 3 de faculdade
mais de 20 anos
Fluencia a duas linguas (mais inglês)
conhecimentos de Latim e Informatica

Candidato X:
9º ano
14 anos
Nem a lingua mae domina
Pensa que o Latim é um prato de massa tipico em Itália.

Obviamente que uma pessoa que não cumpre certos requisitos necessários para algo nao será considerada "normal" como outras pessoas. Eu pessoalmente nao gosto de rotular pessoas, mas acabo sempre por o fazer =X é algo que é natural de todos nós e sempre será assim.

Keitaro: nao é necessário sair do assunto, visto que isto é um debate, não é feito para criar inimizades ou algo do género ^^ Eu até gosto destas "discussões", acabamos sempre por aprender algo novo, nem que esse "algo novo" seja "ver os pontos de vistas de outras pessoas" ^^ Mas é a tua opinião meu amigo,e eu respeito isso ^^

Lira escreveu:
cobardia inconsciente"

Gostei e concordo, mas depende do caso. (e agora justifico isso em baixo ^^)

O que vou dizer agora não é para ofender ninguém, e visto que vou falar de idades, espero que ninguem se sinta ofendido no forum.

Para mim, auto-mutilação é a maneira mais cobarde e estupida de se tentar esquecer ou fugir dos problemas. Porque digo isto? É uma maneira de pensar minha. Eu sou pessoa de enfrentar os meus problemas "face to face" e nao deixá-los "por aí", para piorarem como muita gente faz.

O que vou dizer agora vai, em parte, contra o que eu disse, mas acho que vao perceber o porquê de ser dito.
Nada do que se faça que possa infligir dano à própria pessoa (ou seja auto-dano) é justificável, a não ser que uma pessoa esteja atolada de problemas (sociais, psicologicos ou monetários, ou mesmo os 3 em conjunto, como é possivel verificar em muitos casos, nao só em portugal, mas pelo mundo fora).
Para mim, o "auto-flagelo" ou a "auto-mutilação" só tem justificação nestes casos, quando a pessoa está a um passo do abismo e não tem força psicológica suficiente para se erguer (e isto é mais evidente quando se tem uma família "de merda" que nunca as apoia).

Agora, como tenho visto:
"Jovem de 15 anos internado no hospital por tentar cortar os pulsos" WTF!? 15 anos? Que problemas é que se tem com 15 anos? "Ah e tal bullying" Oh pa! Isso não é desculpa. Eu também fui vitima de bullying na escola quando era puto e nao me sabia defender, e ainda aqui estou --" O mais que cheguei foi a uma grande depressão e foi por outros motivos que são alheios ao bullying --"

"rapariga de 12 anos suicida-se depois de relação acabada", a tal rapariga do norte que deixou SMS aos amigos a despedir-se alguem se lembra, há cerca de um ano? Por amor de deus, esta foi outra. Matou-se é verdade, mas, por acabar um namoro com um gajo vai-se matar, com 12, e repito, DOZE anos? OMFG, isto é pura parvoíce. Onde é que andam os país? "ah e tal, ela ficou afectada" --" 12 anos e fica afectada? Ainda nao sabe o que é o amor com 12 anos, só sabe o que é namorar (NAMORAR =/= amor, estes "namorares" de agora duram uma, duas semanas e acaba-se tudo, se todos fossem a fazer o que ela faz, eu devia de ser o unico jovem com menos de 20 vivo à face da terra
Spoiler:
 
.

Enfim, o ser humano sempre teve tendencia para os extremismos (ninguem é excepção), mas actualmente acho que essa "tendencia" passou a moda --"
Nos, pessoas, sempre fomos fortes psicologicamente, e agora pergunto-me: como é que, num espaço de 20 anos, os "suicidios" e casos de auto-agressao infligida aumentaram em flecha? É das novas tecnologias? (sinceramente acho que em 100% nao, senao eu também já me tinha suicidado...) Será do capitalismo? (ya, possivelmente, muitas dividas e tal... levam uma pessoa a ficar meio maluca). O que quer que seja, a sociedade também nao ajuda muito, porque vêem as pessoas a cometer esses erros graves (sim, porque suicidio, é um erro, e, pior que tudo, é crime contra a própria integridade) e nao fazem nada para o impedir.

Maneiras de impedir isto do auto-flagelo e auto-mutilação: ajudar quem pode estar à beira de cometer esses erros, e não simplesmente virar-lhes as costas, por mais ruíns que sejam, lembrem-se sempre que são pessoas como todos vós, apenas têm problemas que, para si próprios, são de extrema dificuldade em serem resolvidos.

Spoiler:
 

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Elric
O Alquimista
O Alquimista


Masculino
Número de Mensagens: 3829
Idade: 25
Warning:
0 / 1000 / 100

PDPA: El Ric
Data de inscrição: 17/04/2008

Death Note RPG
Nome: José Maria dos Santos

MensagemAssunto: Re: Auto-mutilação   Ter Jul 21, 2009 11:06 am

"Cada pessoa foge aos problemas da maneira que julga mais correcta.". Mais correcta? lol. Nem comento esta frase.

Posto isto, é dito...
Keitaro escreveu:
Elric vo te faze uma unica pergunta uma bem simples para rebater o que você falou sobre minha citação.

Você consegue definir loucura???
E eu não percebo bem o que é que uma coisa tem a ver com a outra nem o porquê desta questão ter sido levantada. Muito menos percebo o porquê de te afastares do tópico mas, como quiseres...
8D


Ora bem, a Lira falou da TV e que as crianças deixam de ser crianças cada vez mais cedo. Falou também das falhas dos pais e da estrutura familiar que está em relativa mudança. O Nuno saíu-se com as novas tecnologias (vá, um pouco a tv e os meios de comunicação talvez) e o capitalismo... Epá, nem sei bem o que dizer em relação a isso porque em nada disto (nem na junção de tudo) vejo uma mínima justificação para auto-motilação até porque eu também tive "pressão" um pouco de todos estes lados. Quer dizer, tive (e continuo com) inúmeros problemas familiares, fui vítima de bullying e tudo mais, há uns tempos também passei por algo que vá, foi uma 'depressão' mas epá, aqui estou eu agora a exaltar o quão fixe o mundo é e sem qualquer tipo de cicatriz. (repito, sem qualquer tipo...).

É verdade que todos somos muito diferentes e todos encaramos as coisas de diferentes maneiras mas...eu simplesmente não percebo. Acho que há um grande problema, na sociedade em si (e não em nada específico como os pais ou a tv ou a tecnologia) pois já não se ensina ninguém a...pensar (wtf? pareço a minha antiga professora de filosofia!) nem a sonhar nem nos mostram soluções para nada, pelo contrário, somos defrontados apenas com problemas o que torna complicado filtrar o que é importante ou não, visto que ninguém nos ensina a pensar por nós próprios.
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno
ローンウルフ
ローンウルフ


Masculino
Número de Mensagens: 2471
Idade: 24
Localização: Somewhere...
Emprego/lazer: Being someone?
Humor: ... *desert* ...
Warning:
0 / 1000 / 100

PDPA: Membro nº 19 do Fórum 8D
Data de inscrição: 14/01/2008

Death Note RPG
Nome:

MensagemAssunto: Re: Auto-mutilação   Ter Jul 21, 2009 12:00 pm

Falaste-me de filosofia e daquilo de "ensinar alguem a ... pensar" lembraste-te da minha ex-stora de Filosofia também XD

"Todos somos livres de sermos e fazermos o que queremos... enquanto uns pensam, outros acham que dá demasiado trabalho fazê-lo, e passam a vida toda desligados do que é realmente estar vivo"

"Enquanto umas pessoas tentam pensar na vida, outras nem se dão ao trabalho sequer de tentar pensar"
Duas frases que a minha stora dizia frequentemente, e que eu nunca esqueci. Foi a melhor prof que apanhei sem duvidas...

Elric escreveu:
O Nuno saíu-se com as novas tecnologias (vá, um pouco a tv e os meios de comunicação talvez) e o capitalismo... Epá, nem sei bem o que dizer em relação a isso porque em nada disto (nem na junção de tudo) vejo uma mínima justificação para auto-motilação até porque eu também tive "pressão" um pouco de todos estes lados.
Eu referi isso com uma das justificações que muita gente (quase toda vá) dá para o sucedido. Pessoalmente a única justificação que acho correcta é a força (ou falta de força) psicológica de cada individuo, e o apoio que cada um tem para superar os seus problemas. Como referiste, também tiveste uma depressao e ainda hoje cá estás, just as I do xD Não me queixo da vida, até porque, com o tempo, nós percebemos que vida só temos uma e temos que a aproveitar ao máximo, e nao a desperdiçar. (pena que nem toda a gente pense assim)

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lira
A coisinha pseudo-escritora
A coisinha pseudo-escritora


Feminino
Número de Mensagens: 3458
Idade: 24
Localização: Coimbra - Portugal
Emprego/lazer: Estudante (Antropologia)
Humor: OVELHAAAS!!!
Warning:
0 / 1000 / 100

PDPA: Jazz lover!
Data de inscrição: 02/05/2008

Death Note RPG
Nome: Diana Castro de Sousa

MensagemAssunto: Re: Auto-mutilação   Ter Jul 21, 2009 1:06 pm

Nuno escreveu:
Pessoalmente a única justificação que acho correcta é a força (ou falta de força) psicológica de cada individuo, e o apoio que cada um tem para superar os seus problemas.

Concordo plenamente!
Mas isso acaba por ir de encontro ao que disse. As crianças não têm propriamente uma grande força psicológica e como a sociedade as leva a passar por certas coisas precocemente elas lidam mal com os problemas. Mas isto não basta, claro, para explicar o assunto.
Também concordo com o que disseram de não se ensinar a pensar. Isso hoje em dia é algo de pouca importância. Tal como aprendi numa cadeira se dantes as ideias e opiniões eram a forma dos indivíduos se afirmarem e expressarem hoje em dia para isso utiliza-se o corpo. Também isso, agora que penso, está relacionado com a auto-mutilação: a expressão através do corpo.

Nuno escreveu:
Como referiste, também tiveste uma depressao e ainda hoje cá estás, just as I do xD Não me queixo da vida, até porque, com o tempo, nós percebemos que vida só temos uma e temos que a aproveitar ao máximo, e nao a desperdiçar. (pena que nem toda a gente pense assim)

Pois, isso também se aplica a mim. Acho que é por isso que não compreendo a auto-mutilação (apesar de a ter estado a tentar explicar ou justificar xD), uma vez que também passei por períodos complicados e que a auto-mutilação nunca me passou sequer pela cabeça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nomorebluenomore.blogspot.com/
Keitaro
O Doido Luso-Brasileiro
O Doido Luso-Brasileiro


Masculino
Número de Mensagens: 827
Idade: 25
Localização: São Paulo/ Brazil
Emprego/lazer: Analista de Suporte
Humor: Extrovertido e Sonhador
Warning:
0 / 1000 / 100

Data de inscrição: 06/07/2009

MensagemAssunto: Re: Auto-mutilação   Ter Jul 21, 2009 3:22 pm

A automutilação ou auto-lesão estão associadas a um distúrbio psicológico chamado de Transtorno de Personalidade Borderline (TPB), classificada pelo psicanalista Adolph Stern nos anos 30, como uma patologia entre a neurose e psicose que geram uma disfunção no metabolismo cerebral, desintegrando o ego gerando um sentimento de perda desesperador.

Os sintomas costumam surgir durante a adolescência, permanecendo por aproximadamente uma década na maioria dos casos. As pessoas acometidas deste transtorno, sentem uma necessidade enorme de auto punição pelos insucessos na vida cotidiana.

Segundo os estudos já realizados, este distúrbio atinge cerca de 2% da população mundial, acometendo principalmente as mulheres. Alguns comportamentos auto-mutiladores podem ter raízes na religiosidade dos pacientes, mas também foi detectado em pessoas com pouco contato social e afetivo, solitários e introvertidos.

Os pesquisadores acreditam que pode ter origem genética também associada a fatores traumáticos durante a infância ou adolescência, como possíveis abusos sexuais, negligências, separações e orfandade.

A pessoa acometida deste transtorno, sente alívio emocional cada vez que se machuca. Entre os frequentes ferimentos associados estão: esmurrar-se, chicotear-se; enforcar-se por alguns instantes; morder-se; apertar ou reabrir feridas; arrancar os cabelos; queimar-se; furar-se propositalmente com objetos ponteagudos, beliscar-se; ingerir agentes corrosivos e objetos; envenenar-se por overdose de remédios ou produtos químicos, sem intenção de suicídio; bater com a cabeça na parede; esmurrar superfícies duras.

Tratamento
Muitos tipos específicos de psicoterapia para TPB foram desenvolvidos nos últimos anos. Os estudos (limitados) já registrados não confirmam a eficácia desses tratamentos, mas pelo menos sugerem que qualquer um deles pode resultar em alguma melhora. Terapias individuais simples podem, por si mesmas, melhorar a auto-estima e mobilizar as forças existentes nos borderlines. Terapias específicas podem envolver sessões durante muitos meses ou, no caso de transtornos de personalidade, muitos anos.

Psicoterapias são frequentemente conduzidas com indivíduos ou com grupos. Terapia de grupo pode ajudar a potencializar as habilidades interpessoais e a autoconsciência nos afetados pelo TPB.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Elric
O Alquimista
O Alquimista


Masculino
Número de Mensagens: 3829
Idade: 25
Warning:
0 / 1000 / 100

PDPA: El Ric
Data de inscrição: 17/04/2008

Death Note RPG
Nome: José Maria dos Santos

MensagemAssunto: Re: Auto-mutilação   Ter Jul 21, 2009 4:54 pm

Ora bem, vamos lá pôr um travão nisto e já agora pôr um travão também na psicologia que, na minha opinião, mal se pode considerar uma ciência porque somos todos diferentes e estas coisas têm de ser vistas caso a caso.

Ou o que eu disse e talvez as causas que temos vindo a indicar e discutir e blá blá blá, ou simplesmente acreditamos que quem se auto-motila é doente e precisa de ser internado! Como é possível, de um momento para o outro, haver tanta gente mentalmente insana e doente? -.- Siceramente a psicologia tem muito que se lhe diga... -.-

Gostei da parte em que falaram de religião. Lol. As cenas que o pessoal faz nas filipinas, por exemplo. Vão dizer que países inteiros estão doentes, ou que são parvos, ou...? lol.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno
ローンウルフ
ローンウルフ


Masculino
Número de Mensagens: 2471
Idade: 24
Localização: Somewhere...
Emprego/lazer: Being someone?
Humor: ... *desert* ...
Warning:
0 / 1000 / 100

PDPA: Membro nº 19 do Fórum 8D
Data de inscrição: 14/01/2008

Death Note RPG
Nome:

MensagemAssunto: Re: Auto-mutilação   Ter Jul 21, 2009 5:21 pm

A psicologia nao é uma ciencia exacta (nem ciencia é, acho eu), apesar de, em grande parte dos casos estar correcta.

Keitaro: isso é uma das justificações para os perguiçosos dos psicologos.
Nao é um "maluco" ou "louco" que faz auto-mutilação, qualquer pessoa o pode fazer, desde que, no seu inconsciente, pense que tenha razões para tal.

Eu recorro bastante a psicologia, mas acho que em 60% das teorias há bastantes erros, e já lí bastantes... (só as do Freud é que, de alguma maneira, me parecem todas correctas...)

A religião, bem, é como disse, uma grande treta. Falácias atrás de falácias. Incrivelmente, há quem seja capaz de pegar num chicote e se meter a dar chicotadas nas costas e dizem que é para "purificação" LOL
Epah, eu sei que é feio e blasfemo gozar com as crenças de outrém, mas eu acho hilariante sofrer por algo que nao conhecemos,e que muitas vezes chegam a negar a sua existencia (mas nas horas de aperto, ui, toca a rezar xD)

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lira
A coisinha pseudo-escritora
A coisinha pseudo-escritora


Feminino
Número de Mensagens: 3458
Idade: 24
Localização: Coimbra - Portugal
Emprego/lazer: Estudante (Antropologia)
Humor: OVELHAAAS!!!
Warning:
0 / 1000 / 100

PDPA: Jazz lover!
Data de inscrição: 02/05/2008

Death Note RPG
Nome: Diana Castro de Sousa

MensagemAssunto: Re: Auto-mutilação   Qua Jul 22, 2009 12:22 pm

Sim, muito lindo. Quem se corta é doente e qualé a solução, medicamentos???
Desculpem lá mas sou bastante contra isso, na minha opinião este tipo de problemas (que não considero uma doença) deve ser resolvido através de "métodos sociais" e não com drogas.
Além disso acho que não se deve tipificar a questão, tudo varia com o indivíduo.
Para mim quem se auto-mutila é uma pessoa sem nenhuma doença (por amor de deus...) que comete um erro e que precisa de ajuda (não de médicos ou afins) mas das pessoas mais próximas. Da mesma maneira que quando se comete outro qualquer erro alguém nos deve alertar para tal e NÓS PRÓPRIOS é que o temos que corrigir. Portanto, embora esta seja uma questão só corrígivel pela pessoa em questão ou outros também desempenham um papel fundamental, pois em qualquer questão da vida se não nos chamarem a atenção como sabemos se estamos a ir bem ou mal.
Enfim, a psicologia é uma coisa muito linda que tenta explicar o comportamento dos indivíduos mas tende a generalizar tudo e a arranjar "tratamentos em massa". Do meu ponto de vista as questões psicológicas não devem ser tratadas de uma forma geral, são algo muito específico de cada indivíduo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://nomorebluenomore.blogspot.com/
Yagami Misa
Yagami lady
Yagami lady


Feminino
Número de Mensagens: 847
Idade: 19
Localização: Nas nuvens
Emprego/lazer: Assassina e amante
Humor: *¬* *0* *.* *___* ^^ 0.o
Warning:
0 / 1000 / 100

Data de inscrição: 21/01/2009

MensagemAssunto: Re: Auto-mutilação   Qui Jul 23, 2009 3:47 pm

Elric escreveu:
No final de contas acho que, acima de tudo, ela fazia o que fazia para chamar a atenção.

Isso realmente, e chamar atenção não é tão difícil assim, e isolamento nunca é bom.

Apesar de que não chamar atenção é mais fácil e pode ser até o melhor caminho, não falo de isolamento, falo de convivência.

Ps: Eu descobri que pessoas que se cortam, tem mais tendência a serem psicopátas, descobri isso na psicóloga, eu estou tendo orientação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ashton
O Carniceiro
O Carniceiro


Masculino
Número de Mensagens: 2569
Idade: 24
Localização: A muy Nobre e Invicta cidade do Porto
Emprego/lazer: Estudante
Warning:
0 / 1000 / 100

PDPA: Caçador de pokemons
Data de inscrição: 19/05/2008

MensagemAssunto: Re: Auto-mutilação   Dom Jul 26, 2009 8:09 pm

Bem, uma discussão acesa por aqui... x)

Anyways, contribuindo para o tópico, posso dizer que ate agora só conheço uma pessoa que se tenha auto-mutilado, sendo esta a minha irmã mais velha.

Sinceramente, não gosto dela, nem nunca gostei. Isso deriva, entre outras coisas, do facto de ela viver longe da família e ter a mentalidade de uma pessoa de 13 anos, quando tem 23. E naquela altura, ela cortou-se por uma cena mesmo muito infantil, mas ela é só um caso...

Quanto a mim, não penso que a auto-mutilação seja uma forma de fugir aos nossos problemas, nem uma forma de "cobardia inconsciente". É simplesmente uma forma errada de agir, face aos problemas que a vida nos trás.

E já agora, outras formas de mutilação, como o consumo exagerado de bebidas alcoolicas, por exemplo? Não se fala nisso? Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://yu-gi-oh-tas-pt.blogspot.com
Nuno
ローンウルフ
ローンウルフ


Masculino
Número de Mensagens: 2471
Idade: 24
Localização: Somewhere...
Emprego/lazer: Being someone?
Humor: ... *desert* ...
Warning:
0 / 1000 / 100

PDPA: Membro nº 19 do Fórum 8D
Data de inscrição: 14/01/2008

Death Note RPG
Nome:

MensagemAssunto: Re: Auto-mutilação   Dom Jul 26, 2009 8:32 pm

Isso já é tão banal que nem serve de motivo de conversa xD

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hiiqe
Psicopata Ambulante
Psicopata Ambulante


Masculino
Número de Mensagens: 2913
Idade: 23
Localização: St.Thibault-des-Vignes
Emprego/lazer: NEET
Humor: Bipolar*
Warning:
0 / 1000 / 100

PDPA: My name is bond, Hiiqe bond Cool
Data de inscrição: 04/11/2008

Death Note RPG
Nome:

MensagemAssunto: Re: Auto-mutilação   Seg Jul 27, 2009 7:32 pm

falou-se nuns posts atras que a auto-mutilaçao e' uma acto de covardia.. yah concordo plenamente apesar de ja' ter praticado tal acto de covardia.. mas era graças a tal acto que eu juntava coragem pa respirar fundo, seguir em frente e encarar os problemas..com o tempo e apoio de algumas pessoas percebi que podia resolver os meus problemas sem recorrer a tal coisa.. so' queria acrescentar que quando eu me mutilava, não tinha a intenção de tirar a minha própria vida.. eu apenas queria encontrar um certo alívio da angústia que sentia.. e isso que acho que todos que praticam a auto-mutilação buscam.. mas e' claro que isso nao impede que fatalidades ocorram e que, em determinado outro momento, a pessoa possa tentar o suicídio, uma vez que claramente, seja lá qual for a causa subjacente, a condição mental da pessoa está debilitada.

voltando 'a covardia, ha' mais duas situaçoes em que eu acho que as pessoas sao covardes:
1º- quando alguem sabem que outra pessoa se auto-mutila e nao faz nada..fica ali parada a ver e diz "ele sabe o que faz"
2º- quando uma pessoa descobre que alguem proximo pratica a auto-mutilaçao e afasta-se dessa pessoa, quer por ela praticar tal acto ou por ela nao dar ouvidos quando pedem para parar..

e' nessas horas que vemos que sao os verdadeiros amigos.. foi assim comigo quando descobriram.. aguns preferiram afastar-se, outros ficavam apenas a ver.. mas os verdadeiros amigos nao! eles estiveram presentes nos momentos difíceis e nao me abandonam, pelo contrario mostraram que eu era capaz de continuar..

*bahh, tava mas inspirado pa escrever isso..entretanto a inpiraçao foi-se embora..*

_________________

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100000511070092&am
Elric
O Alquimista
O Alquimista


Masculino
Número de Mensagens: 3829
Idade: 25
Warning:
0 / 1000 / 100

PDPA: El Ric
Data de inscrição: 17/04/2008

Death Note RPG
Nome: José Maria dos Santos

MensagemAssunto: Re: Auto-mutilação   Qua Jul 29, 2009 1:15 am

Ashton escreveu:
E já agora, outras formas de mutilação, como o consumo exagerado de bebidas alcoolicas, por exemplo? Não se fala nisso?
Tal como o Nuno disse, isso já é tão banal que ... xD Para todos os efeitos acho que se pode dizer que daí sempre se tira algum prazer.


Quanto ao que o Clark disse, não tenho comentário nenhum a fazer nem nada se não que...obrigado pela maneira como expuseste o teu caso and...so on.... (Y)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 

Auto-mutilação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3

 Tópicos similares

-
» [Macro]Meu Auto-click
» 1º Encontro Paulista Auto Plasti e DieCast - 2010
» 1º OPEN Virtual Temático - AUTO CHAMPION
» 1º Mini Encontro Temático - Auto Champion / 2011 - FOTOS
» Como auto-excluir uma conta?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Death Note Portugal ::  ::  :: -