InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Um Suspiro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
AutorMensagem
Miki
Deus do novo mundo
Deus do novo mundo
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 522
Idade : 25
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : Salama girl xD
Data de inscrição : 28/12/2007

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Qua Mar 19, 2008 6:52 pm

Aquilo não foi bem um pensamento =S
Mas prontos. Escrevi o que me veio a' mente naquele instante.

Ja' tou mais ou menos a meio do capitulo nrº 9 8D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://animaisemina.forumotion.com/index.htm
raito
Sócio de Kira
Sócio de Kira
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 84
Idade : 24
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : O demonio aqui da zona xD
Data de inscrição : 09/02/2008

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Qua Mar 19, 2008 6:55 pm

esta mt fixe ;D ;D

tenhu e de ler sem sono xD pk ler a historia com sono e um bokadinho difixil de se perxeber xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nuno
ローンウルフ
ローンウルフ
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 2471
Idade : 27
Localização : Somewhere...
Emprego/lazer : Being someone?
Humor : ... *desert* ...
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : Membro nº 19 do Fórum 8D
Data de inscrição : 14/01/2008

Death Note RPG
Nome:

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Qui Mar 20, 2008 4:35 am

Muito fixe ^^ Eu disse-te que conseguias xD

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Misa_L
Bella Lawliet
Bella Lawliet
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1927
Idade : 24
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : Dona da sabedoria!
Data de inscrição : 22/11/2007

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Qui Mar 20, 2008 5:41 am

Está lindo, deixaste-me em expectativa ^^

Quero mais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miki
Deus do novo mundo
Deus do novo mundo
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 522
Idade : 25
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : Salama girl xD
Data de inscrição : 28/12/2007

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Sab Mar 22, 2008 12:14 pm

Bem, esta' aqui ^^ Como uma prenda de Pa'scoa xD
Pode ser que consiga e poste amanha outro ^^
Mas naum sei se consigo =S
Entretanto .. .


Capitulo 9 – “ Os Sonhos “





A enfermeira abriu a porta, Tsuki estava deitada na maca, com uma expressão serena e angelical. Como se a sua vida fosse um mar de rosas.



- Ela está bem? – perguntou Denki.

- Está fora de perigo … - disse a enfermeira - … mas preciso de falar com vocês.



Aquela ultima frase, não agradou a Denki nem a Yuki. A enfermeira fechou a porta atrás de si. Parecia que queria que Tsuki não ouvisse, mesmo esta estando a dormir.
Algo no olhar da enfermeira Daiyamondo, anunciava preocupação. O que não passou despercebido a Yuki e Denki. O olhar de ambos balançava, procurando uma resposta. Por ali passou Seiyoo, que viu os dois com a enfermeira. Preferiu não ir ao encontro dos amigos. Esperou sentado nas escadas da entrada da escola, olhando para o cenário.



- Ela têm sonhado muito, mas o que preocupa é as situações com que sonha e com quem … - começou por dizer a enfermeira - … ela mostra-se muito perturbada, irrequieta, e chamou alguém que não consegui identificar o nome.

- Mas, e Dai-sama, o que isso têm haver com o seu bem-estar? – perguntou Yuki.

- Os sonhos, representam o nosso subconsciente, quando estamos em paz ele também o estará. Mas quando não estamos bem connosco próprios, o subconsciente, ou seja, os sonhos, representam o problema, o que desejamos é reflectido nos sonhos.

- Então, a Tsuki está …? – perguntou Yuki, Denki mantinha-se em silêncio.

- A Tsuki, está numa espécie de “liberdade” de ideias. Ela aparenta estar bem, mas interiormente ela está bastante magoada e fraca.

- Eu bem sabia que algo não estava bem com ela. – analisou Yuki.



A porta abriu-se ligeiramente, sem fazer grande barulho. O que a denunciou foi o estalido habitual do trinco. Tsuki espreitava por uma pequena frincha.



- Tsuki-chan! – chamou a enfermeira.



A rapariga abriu a porta totalmente. Tinha a sua mochila pendurada num ombro, a cabeça estava pendida em direcção ao chão. Passou pelos amigos.



- Arigatou Dai-sama. – murmurou quando ia a passar por esta.

- Tsuki-san … - chamou com receio Yuki, Tsuki fez que nada ouvira.


Passou por eles, sempre com a cabeça pendente sobre o seu pescoço, ouvira uma parte da conversa e as palavras que ouvira ecoavam na sua cabeça. Alguém lhe segurou gentilmente mas furtivamente o braço.



- Onde vais? – perguntou Denki, o seu olhar mostrou-se preocupado e sério. Tsuki não levantou a cabeça, parecia distante. Não repondera. – Responde-me?! – disse abanando um pouco o braço de Tsuki.



O seu olhar distante e vazio olharam nos olhos de Denki. Este ficou surpreso com aquele olhar. Parecia que uma sombra lhes tinha levado o brilho, que antes apresentavam.



- Onde vou? – disse Tsuki, com uma voz estranha – Não sei. – disse com um sentimento de total de indiferença.



Ia começar a andar mas Yuki, colocou-se á sua frente. Estendendo os braços em direcções opostas. O seu olhar mostrava-se decidido.

- Tu não vais a lado nenhum! – disse aproximando-se de Tsuki – O que se passa? Tsuki, por favor fala comigo! – o seu olhar desesperado reflectia duas pequenas lágrimas que se escondiam no canto dos seus olhos, abraçou Tsuki.



Esta mostrou espanto no seu rosto. Deixou a pasta escorregar em direcção ao chão. De repente o seu olhar voltou a si. Já havia reacção no seu corpo.



- Yuki … - murmurou Tsuki. Yuki aliviou o abraço e olhou para Tsuki. Já conseguia reconhecer aquele olhar de menina sonhadora que a sua amiga sempre possuíra. O seu coração respirava de alívio. Podia reconhecer aquele olhar sonhador e intenso em qualquer lugar.

- Tsuki-san! – Yuki lançou-se nos braços de Tsuki. Um abraço caloroso de grandes amigas. Tsuki não compreendera o porquê daquele afecto, mas decidiu retribui-lo. Abraçou Yuki.

Depois de uma longa troca de afectos, Tsuki separou-se de Yuki, abaixou-se pegando na sua pasta que havia caído.



- Tsuki-chan. – chamou a enfermeira.

- Sim? – respondeu.

- Lembras-te de alguma coisa?

- Como assim?

- Diz-me do que te lembras …

- Lembro-me de vir para aqui com o Denki-kun, e ficar deitada na maca, de espreitar á porta, a partir dai não me lembro de como cheguei aqui.

- Não te lembras de nada a partir dai? – perguntou Yuki.

- Não. – disse Tsuki.



O toque da campainha chamava os alunos novamente para as suas aulas. Tsuki encaminhou-se para a porta da sua escola, Seiyoo estava nas escadas. Denki e Yuki iam atrás da rapariga.

- Atão? – perguntou Seiyoo, quando os dois passaram por ele.

- Não percebo … - disse Yuki.

- O que á para perceber? – perguntou Seiyoo.



Não responderam. Afinal o que havia para perceber? A súbita perda de memória de Tsuki? Ou estaria esta a mentir, para não se preocuparem com o seu estado. Sim, provavelmente. Mas e se não fosse? Tantas perguntas sem resposta. Estariam eles alguma vez preparados para as respostas se algum dia as encontrassem? E será que algum dias as encontrariam? Tantas perguntas, que procuram a resposta durante uma vida.

Entraram na sala, sentaram-se cada um no seu lugar. Claro Tsuki, apreciava bastante o seu cantinho. Perto da janela, onde o vento por vezes lhe fazia uma visita agradável.
A professora começou a aula. E como não podia deixar de ser, Tsuki já se encontrava no país dos sonhos. A sua imaginação tomou conta do seu subconsciente.
Andava numa floresta, conseguia ouvir cantos de pássaros. Voavam livres. Estava agora ao pé de um riacho. Abaixou-se. Pousou os seus joelhos na terra húmida perto do riacho. Olhou para água. Pequenos peixes corriam aquele riacho. O sol batia-lhe no rosto. As árvores eram embaladas pelo vento. Que som cristalino se ouvia. Lavou a cara com a água do rio. Que fresca que estava. Olhou em seu redor. Sentia-se tão bem ali. Parecia que estava no seu ambiente. Sentia-se como se estivesse em casa embora nunca tivesse estado ali pessoalmente. Passou uma sombra por cima dela. Esta virou-se. Pode observar um rapaz com uma capa flutuante. Uma capa negra que esvoaçava no ar juntamente com os seus cabelos rebeldes. Levantou-se. A sombra do rapaz ficou pousada no outro lado do riacho. Saiu das sombras das grandes das árvores. Tsuki arregalou os olhos. Não podia ser… aquele era … era … o Ryuu Yoru! Aproximou-se do riacho, onde estava Tsuki. Saltou o pequeno fio que corria. Estava agora na mesma margem que Tsuki.



- Que fazes aqui? – perguntou espantada.

- Tsuki, tens de deixar de ser assim. Só estás a preocupar os teus verdadeiros amigos. Tens de desabafar, tu precisas de desabafar. – aconselhou enquanto se aproximava de Tsuki.

- Mas eu não consigo! Não os quero preocupar, mas também os não quero ver sofrer por minha causa! – duas pequenas lágrimas queriam aparecer, mas Tsuki lutava por as impedir.

- Tens de te esforçar, eles merecem esse esforço.

- Eu sei. Mas é mais forte do que eu. Não consigo. – era agora, a luta das lágrimas fora perdida. Duas lágrimas percorriam o seu rosto.


Passos foram dados por Ryuu Yoru. Encostou a cabeça de Tsuki ao seu peito, abraçou-a. A rapariga acolheu-se nos braços fortes do rapaz. Sentia-se protegida naqueles braços. Ficaram assim durante algum tempo. Como Tsuki se sentia bem perto daquele rapaz misterioso. Quebrou um pouco o abraço, olhou nos olhos profundos do rapaz. Aquele azul, mais cristalino que alguma água, mais profundo que o céu. Levantou as mãos em direcção á máscara deste.



- Que estás a fazer? – perguntou surpreendido.

- Deixa-me ver-te.

- Mas tu já me viste. – segurou-lhe a mãos impedindo-a de executar mais algum movimento. O seu corpo transformava-se lentamente em pó.

- Espera! Não vás! – tentou chamar Tsuki, mas este já tinha desaparecido.

- Eu estou sempre por perto, Tsuki. Mesmo que não me encontres eu estou sempre lá. – disse uma voz que vinha da floresta, a rapariga reconheceu-o como a voz de Ryuu Yoru.


O coração de Tsuki estava confuso, a sua mente sentia-se cansada. Aqueles olhos que lhe transmitiam paz, como queria estar perto deles novamente. Sentia ainda o calor que aquele corpo lhe transmitiu. O seu coração ansiava novamente por um “encontro”.

Acordou sozinha do seu sonho. Levou as suas mãos aos olhos, esfregando-os. De seguida olhou em sua volta. Deparou-se com olhar de Denki, - “ Estes olhos … Não pode. “ – pensou, olhando para os olhos parecidíssimos com os de Ryuu Yoru.



- Estás bem? – perguntou Denki.

- … - Tsuki demorou a responder, estava fixada nos olhos de Denki - Watashi … ah … soo … estou bem!

- Tens acerteza?

- Soo!



Tsuki, virou a cara. Olhava para a janela. Viu Ryuu Yoru apagadamente. O seu reflexo, aproximava-se. Quando estava mesmo perto da janela. O rosto mudara e via-a face de Denki. Tsuki deu um pequeno subersalto. Será possível?



¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶

Vocabulário:

Watashi - eu

soo - sim
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://animaisemina.forumotion.com/index.htm
Angeless
shonen lover
shonen lover
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1055
Idade : 26
Localização : LifeStream
Emprego/lazer : Venerar o Lelouch-Sama para toda a eternidade
Humor : Dunno, Negro? 8D
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : Yaoi fan!
Data de inscrição : 30/11/2007

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Sab Mar 22, 2008 12:35 pm

adorei! romance *.* quero mais anocas-nee~chan *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Misa_L
Bella Lawliet
Bella Lawliet
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1927
Idade : 24
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : Dona da sabedoria!
Data de inscrição : 22/11/2007

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Dom Mar 23, 2008 5:29 pm

Também quero ^^

Gostei muito, continua!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sol-chan
Deus do novo mundo
Deus do novo mundo
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1022
Idade : 24
Localização : Luanda, Angola, África! xD
Emprego/lazer : Tradutora & Estudante.
Humor : Wth?
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : O Sol que ilumina o forum
Data de inscrição : 24/11/2007

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Seg Mar 24, 2008 4:07 am

Este foi dos meus capítulos preferidos! ^-^

Continua!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://bleach.forumeiros.com
SupeRaul
O Virús Informático
O Virús Informático
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 3156
Idade : 24
Humor : The human whose name is written in this forum shall die.
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : Possuído pelo Espirito Darkness
Data de inscrição : 16/11/2007

Death Note RPG
Nome: Ray Motomya

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Seg Mar 24, 2008 5:59 am

Muito lindo xD
Desculpa a demora...lol

Continua Miki-Sama!

_________________


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://deathnote-portugal.forumeiros.com
Miki
Deus do novo mundo
Deus do novo mundo
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 522
Idade : 25
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : Salama girl xD
Data de inscrição : 28/12/2007

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Seg Mar 24, 2008 9:13 am

Arigatou minna 8D
Tou a ver que gostam de romance ^^

Vou ja' tratar do pro'ximo capitulo xD

Vocês dão-me vontade de continuar ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://animaisemina.forumotion.com/index.htm
Miki
Deus do novo mundo
Deus do novo mundo
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 522
Idade : 25
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : Salama girl xD
Data de inscrição : 28/12/2007

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Qua Mar 26, 2008 10:37 am

Aqui esta' 8D



Capitulo 10 – “ Confusão de Sentimentos “





Será possível? Ambos tinham aquele olhar azul, que transmitia paz. Mas não podia, era impossível, mas tal comparação nunca tinha passado pela cabeça de Tsuki. Antes. Eram tantas as perguntas, e tão poucas respostas. Mas esta decidida, comprometeu-se a resolver todas aquelas questões. O seu coração batia forte quando pensava naquele rapaz de rosto tapado e capa esvoaçante. Era engraçado, sempre que estava com ele o seu coração acelerava e sentia-se bem quando este a abraçava. Mas quando estava sem ele, o seu coração batia normal, por vezes queria mesmo parar, mas ai lembrava-se daquele rapaz mistério, e havia vida novamente. Sentia-se segura e feliz perto dele, como se nada pudesse correr mal. Quando estava sem ele, lembrava-se de Denki. Que estranho. Que confusão de sentimentos.

- Bem, minasan, é tudo por hoje, bom fim-de-semana. Saudar! – anunciou a professora, antes do toque da campainha.



Todos se levantaram, arrastando as cadeiras, fizeram uma pequena vénia. Yuki que tinha o papel de acordar Tsuki, virou-se para trás para cumprir a sua tarefa. Surpreendeu-se, Tsuki estava levantada, e mais fascinante ainda, estava de olhos abertos! Yuki, virou-se para a frente saudando a professora. Sem saber, deixou um sorriso escapulir, aparecendo no seu rosto. Arrumaram as pastas, alguns alunos enquanto saiam desejavam um bom fim-de-semana á professora, e esta agradecia e desejava o mesmo.



- Já fim-de-semana, esta semana passou tão rápido. – disse Yuki.

- É verdade. Que vão fazer no fim-de-semana? – perguntou Seiyoo.

Estavam no parque da cidade, um dos poucos sítios em que Tsuki, se sentia bem. Encontravam-se sentados, num dos bancos de madeira deste, á sombra do sol. Estava ali o grupo, Seiyoo, Yuki, Denki e Tsuki. Os quatro amigos, que surpreendentemente pareciam de longa data, mas não o eram.



- Podíamos ir de autocarro a Nozomi, ao yuuenchi. – sugeriu Yuki.

- É verdade nem me tinha lembrado, o yuuenchi só vai estar aberto até segunda. Podíamos ir amanha. – avisou Seiyoo.

- Por mim, está combinado! – disse Yuki – Podíamos ir de amanha, e almoçava-mos lá.

- Claro! Comigo podem contar. – disse Seiyoo - Denki-san? – perguntou.

- Eu não sei … - respondeu inseguro.

- Vá lá vai ser divertido! – persuadiu Yuki.

- Anda lá! – disse Seiyoo.

- Pronto, tabém eu vou. – disse para felicidade dos dois.

- Tsuki, tu também vens não vens? – perguntou Yuki.

- Eu não sei, tenho de cuidar da minha irmã.

- É só por amanha. – insistiu Yuki.

- Vamos todos. Não sejas desmancha-prazeres. – pediu Seiyoo.

- … - olhou para todos, incluindo Denki. Não podia deixar de dizer que seria giro. Mas tinha obrigações. – Eu vou.



Seiyoo e Yuki fizeram uma pequena festa. Via-se alegria no rosto destes.



- Então amanha, aqui ás 9horas pode ser? – perguntou Yuki.

- Soo! – responderam todos com entusiasmo.

- Então está combinado! – finalizou o assunto – Bem, eu tenho de ir. Vou ter aula de piano. Sayoonara.



Yuki, agarrou na sua pasta.

- E eu tenho treino de futebol, faço-te companhia Yuki-san. – disse Seiyoo.



Pegou na sua pasta e na sua mochila, onde tinha o seu equipamento. Aproximou-se de Yuki. Sorriram um para o outro. Havia algo entre aqueles dois. Tsuki sabia que Denki sempre teve um fraquinho por Yuki, mas esta apenas o via como um bom amigo. Será que isso também mudara?



- Bye! – disseram enquanto caminhavam os dois lado a lado.



Tsuki levantou-se do banco. Pegou na sua pasta, e deu uns quantos passos. Virou-se de novo para o banco. Olhou Denki, este também olhava para ela. A rapariga sem saber porquê corou levemente.



- Onde vais? – perguntou então Denki, que se levantara, pegando na sua pasta.

- Para casa, mas antes tenho de ir ao ichiba. – disse enquanto Denki se aproximava dela.

- Não tenho nada para fazer, faço-te companhia. – sorriu. Tsuki corou levemente.



“ Mas porque raio estou a corar? “ – perguntou-se.



- Arigatou, Denki-san.



Começaram a caminhar juntos. Tsuki tentava encontrar a resposta para a sua pergunta. Mas depois sentiu o seu coração, acelerado. Ficou espantada, o seu coração só estava assim, quando se encontrava perto de Ryuu Yoru. Que se estava a passar? Era bastante obvio que algo ligava Denki a Ryuu Yoru, mas …



- Que se passa? – perguntou Denki, sem desviar o olhar do caminho, Tsuki surpresa olhou para este.

- Nada! – disse apressada, voltou a olhar para o caminho que seguia.

- Os teus pais? – Denki sem se aperceber tocou na ferida. Mas a sua curiosidade fora mais forte.

- … - olhou o chão – Estão mortos.

- Desculpa … Eu não queria … - tentou desculpar-se, olhando para Tsuki.

- Não tem mal. – sorriu.



Caminharam novamente em silêncio. Chegaram a uma grande casa, donde entravam e saiam várias pessoas. A porta era enorme. No cimo, podia-se ver uma grande placa com uma palavra gravada: Ichiba. Entraram. Várias filas de mercadorias, senhoras e senhores simpáticos que chamavam fregueses. Tsuki andou em direcção a uma banca em especial. Parou em frente de uma idosa. A sua banca estava cheia de coisas apetitosas e maravilhosas. Os cheiros eram completamente diferentes, toda a fruta parecia sorrir.



- Aki-sama! - chamou a rapariga.

- Menina Tsuki! – surpreendeu-se – o habitual presumo?

- Sim.

- Quem é? – perguntou Denki.

- É a Aki-sama. Ela ajuda-nos muito, e nós vemos sempre ás compras aqui. É uma forma agradecer-mos.

A senhora, entregou três sacos completamente cheios de verduras a Tsuki. Quando se aproximou podia-se ver uns olhos quase verdes transparentes, que se escondiam entre as rugas da idade. A senhora sorriu, mostrando alegria.



- Aqui tens Tsuki. – disse afastando-se, enquanto Tsuki pegava nos sacos pesados.

- Arigatou Aki-sama. – começou a andar.

- Deixa cá ver uns sacos. – disse Denki.

- Deixa estar não é preciso.



Denki agarrou na mão de Tsuki libertando dois sacos. Aquele toque, tão semelhante. Tsuki corou, olhou para Denki. Este também corava

embora levemente. Estiveram assim, durante uma fracção de segundos, até Denki afastar a sua mão. Começou a andar. Tsuki olhava para a sua mão. Aquele toque parecia tão igual mas ao mesmo tempo tão diferente. Começou a andar. Apressou o seu passo, chegando perto de Denki.



- Obrigada. – disse.



Denki não respondera, caminharam até ao beco do orfanato. Tsuki parou nas escadas da rua deste. Ia agradecer mas Hana veio a correr ao encontro da sua irmã.



- Aneesan! – chamou abraçando-se a Tsuki.

- Calma Hana …



Hana olhou para o rapaz. Primeiro lançou-lhe um olhar mortífero, quase que examinando-o, nunca deslargando a saia do uniforme da sua irmã. Olhou Denki de alto a baixo. Inclinou-se ligeiramente para a frente.

- Quem és tu? – perguntou.

- Eu … haa – coçou a cabeça.

- Hana, leva a pasta da mana e esta saco para dentro, por favor. – pediu Tsuki.

- Mas mana! – reclamou.

- Shiroi Hana! – repreendeu Tsuki.



Hana, sabia que quando a sua imã lhe chamava assim, não tinha volta a dar. Entrou no orfanato, com a pasta e o saco mais leve das compras, contrariada.

- Desculpa a minha irmã, ela não faz por mal. – disse Tsuki, aproximando-se. – Não te quero incomodar mais … - Agarrou nos sacos que Denki carregava.

- Não incomodas nada. – Denki sorriu.



Hana vinha a correr novamente da porta.



- O que fixes-te ao saco e á minha pasta?

- A pasta está na entrada, e o saco têm a Hoshi-sama. – aproximou-se de Denki. – Vais-me dizer quem és, ou vou ter de adivinhar?

- Olá, eu sou o Denki.

- Olá, eu sou a Hana, irmã da Tsuki. Vocês são namorados? – disse de forma inocente.



Tsuki e Denki, coraram bastante. Olharam de esguio um para o outro, viram cada um que o outro também corava.



- Nós, somos amigos. – disse Denki, tentando articular palavras.

- Mas, gostas da minha irmã? – perguntou Hana, a sua inocência ainda dificultava mais a situação.

- Eu … - esta resposta, Tsuki queria ouvir - … tenho de ir. – disse virando as costas – Amanhã venho que te buscar aqui, pode ser?

- Claro. – respondeu Tsuki, enquanto corava.

Denki fez-se ao seu caminho, Tsuki acompanhou uns passos com o seu olhar. Mas subiu as escadas, com os dois sacos.



- Ele vem te buscar para quê? Onde vão? – perguntou Hana, enquanto acompanhava, Tsuki, pelas escadas.

- Vamos com o Seiyoo e a Yuki, a um sítio. Amanha não almoço cá.

- Porquê? – perguntou, Hana indignada.



Tsuki, não respondeu a mais nenhuma pergunta de Hana. Embora isso, Hana não desistia de fazer as perguntas mais estranhas de sempre.



O tempo passou, era de noite. Tsuki estava na sua cama, olhando o tecto. “ – Amanha … “ – pensou. Com este pensamento adormeceu lentamente.



¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶

Vocabulário:

› minasan – todas as pessoas

› Nozomi - Desejo

› yuuenchi – parque de diversões

› soo - sim

› sayoonara - adeus

› ichiba - mercado

› Aki – Outono

› Aneesan – irmã mais velha

Shiroi – Branca





Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://animaisemina.forumotion.com/index.htm
Angeless
shonen lover
shonen lover
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1055
Idade : 26
Localização : LifeStream
Emprego/lazer : Venerar o Lelouch-Sama para toda a eternidade
Humor : Dunno, Negro? 8D
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : Yaoi fan!
Data de inscrição : 30/11/2007

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Qua Mar 26, 2008 1:38 pm

mim ter gostado! romance! aposto que o denki e o outro são o mesmo 8D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SupeRaul
O Virús Informático
O Virús Informático
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 3156
Idade : 24
Humor : The human whose name is written in this forum shall die.
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : Possuído pelo Espirito Darkness
Data de inscrição : 16/11/2007

Death Note RPG
Nome: Ray Motomya

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Qui Mar 27, 2008 6:37 am

Bom romance xD quero ver o seu desenvolvimento ^^
Perguntas dificeis aquelas da irmanzinha xD

Continua!

_________________


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://deathnote-portugal.forumeiros.com
Miki
Deus do novo mundo
Deus do novo mundo
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 522
Idade : 25
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : Salama girl xD
Data de inscrição : 28/12/2007

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Sab Abr 05, 2008 11:56 am

Bem, após deliberar, tomei a decisão de "colocar" de parte a fic. Provávelmente, vou escrevendo aos poucos. Mas esses poucos não serão expostos ao público.
Ou seja, a fic ficará temporariamente parada. Só voltarei a postar nas Férias do Verão, ou quando a fic já tiver acabada.

Antes de mais, peço desculpas pelo transtorno.

Obrigada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://animaisemina.forumotion.com/index.htm
SupeRaul
O Virús Informático
O Virús Informático
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 3156
Idade : 24
Humor : The human whose name is written in this forum shall die.
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : Possuído pelo Espirito Darkness
Data de inscrição : 16/11/2007

Death Note RPG
Nome: Ray Motomya

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Sab Abr 05, 2008 4:44 pm

So para a ferias?! T.T ...
Nesse caso...ficamos a espera ^^

_________________


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://deathnote-portugal.forumeiros.com
Miki
Deus do novo mundo
Deus do novo mundo
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 522
Idade : 25
Warning :
0 / 1000 / 100

PDPA : Salama girl xD
Data de inscrição : 28/12/2007

MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   Dom Abr 06, 2008 9:22 am

Pois. A escola ocupa muito tempo, e ainda mais com as aulas extracurriculares. Chego a casa sempre á noite e nem sequer ligo o pc. =$ Só mais nos fim-de-semanas mas esses também estão preenchidos. =$ Peço desculpas.
Entretanto vou vendo se vou escrevendo.

Mais uma vez, desculpem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://animaisemina.forumotion.com/index.htm
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Um Suspiro   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Um Suspiro
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
 Tópicos similares
-
» Cap. 8 - O suspiro antes da Tempestade

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Death Note Portugal :: Inferno :: Fanfics e fanArts :: Fan Fic's-
Ir para: